DONA JÔ - GRAND ÉCHANSON   

Vinho Regional Alentejano - Branco 

História

Dona Jô foi um Processo que passou por um caminho cheio de muitas surpresas. E com dose de carinho, foi tudo bem fermentado, por isso que o resultado, se traduziu neste vinho. 

Possui também no sabor, de um bonito sentimento, partilhado em um sonho que teve luta e alento, associado à arte e o amor fazendo parte do nosso merecimento. 

Uma marca registrada de uma bela trajetória, que resultou em conquista e firmou uma memória de alguém que decidiu ir em frente e conseguiu construir uma história. 

Cordel feito por Carlos Fernandes, do poesia no Tamborete 

Winemaker: José Santanita 
País / Região: Portugal / Alentejo 
Terroir: Herdade Monte da Torre de Sepúlveda 
Castas: Encruzado 

Estágio: 6 meses em carvalho francês e 6 meses em garrafa

Vol. % Rótulo : 13%

Método de vinificação

"Dona Jô" Grand Échanson,  nasce da casta ENCRUZADO, produzido em pequenos volumes anuais, com cuidadosa seleção de barricas. Vinho único, desafiando o perfil clássico dos grandes brancos alentejanos. Fermentou e estagiou em barricas de carvalho francês durante 6 meses. 

Nossos vinhos brancos são estabilizados a temperaturas negativas e não são sujeitos a filtração durante o engarrafamento. Por esse motivo podem ter deposito, o que lhe conferem um carater mais encorpado, estruturado, recheados de uma acidez ímpar. Desta forma a sua evolução, durante o processo de envelhecimento, torna-os, mais ricos, untuosos com final longo e persistente.”

 

Notas de Prova

No nariz apresenta, aromas de Pêssego, casca de laranja confitada, notas de de canela , mel e algum chocolate branco. Na boca é um vinho guloso e rico, onde predomina frutas de polpa branca, notas de especiaria possuindo um final longo e elegante. 

 

Como servir

Harmoniza com pratos como bacalhau gratinado, queijo de pasta mole, peixes e garnes brancas grelhados ou assados. Servir á temperatura de 10º